quarta-feira, 20 de março de 2013

E aí, como está sua mastigação?


Bom, hoje irei explicar a importância de uma mastigação adequada, assim como o impacto de não mastigar bem os alimentos...

“Poxa, isso é sério mesmo? Vale a pena você investir tempo digitando esse artigo?” Com toda a certeza, sim!

Começo questionando o básico: qual a finalidade de haver dentes em nossas bocas?

Sorrir???

Também, mas, principalmente, para triturar todos os alimentos e deixá-los com aspecto homogêneo, prontos para serem deglutidos (“engolidos”) e serem digeridos pela ação do suco gástrico (enzima Pepsina e Ácido Clorídrico)...

Mastigar bem não significa contar “x” mastigadas, isto é besteira, se “seu poder de fogo” na mastigação é bom a ponto de em 10 movimentos triturar bem os alimentos, ótimo... Você saberá que o momento de deglutir chegou quando perceber que a comida em sua boca está pastosa, sendo impossível identificar o alimento A ou B...

Então, ao ser bem mastigado, ainda na boca, já inicia-se a digestão de alguns tipos de carboidratos (enzima ptialina, ou amilase salivar), assim como também há liberação de uma lipase lingual (enzima que digere gordura) que agirá no estômago, hidrolisando uns 15% dos triglicerídios (forma predominante de gordura na dieta). Aí vai o artigo que prova isso: http://www.ncbi.nlm.nih.gov/pubmed/2134569

Quando a mastigação está adequada, a acidez característica do estômago mata os micro-organismos (bactérias, fungos e leveduras, não permitindo que estes possam se multiplicar demais) e vai hidrolisando (digerindo) as proteínas, que inicialmente tem uma estrutura inicial como mostram as imagens abaixo:


e depois que são digeridas pelo estômago ficam assim...





...no intestino, pronta para ser digerida (“quebrada”) em pedaços muito menores, para então ser absorvida para dentro das células intestinais...

Maravilha, funcionamento perfeito da digestão!

Agora vamos falar sobre o contrário...



Se você não mastigar bem, o estômago, que não é furadeira, não conseguirá matar os micro-organismos nem hidrolisar as proteínas, então o alimento com proteína chegará ao intestino em pedaços grandes demais para serem digeridos.

Agora, lembre-se daquela bactéria que estava lá no meio do alimento (que não foi bem mastigado), que foi mal digerida no estômago... Lembrou? Então, está livre no intestino... E o que ela fará?

Oras, elas precisam comer também, logo irão se alimentar da comida mal digerida, certo? Aí depois você sofrerá com flatulência (muita produção de gases, pum) que deixará seu abdômem distendido, com aquela péssima sensação de inchaço, e irá querer tomar remédio para reduzir produção de gases, uma forma de aliviar essa Disbiose...

Ou seja, você estará querendo retirar o sintoma (pum) em vez de tratar a causa (mastigar bem os alimentos). Não procure diminuir o sintoma, retire a causa!

Sem falar que o estômago será sempre sobrecarregado para digerir os alimentos, que induzirá à sua falência, ou seja, deixando-o menos capaz de produzir o suco gástrico. Em relação à nutrientes, estômago gasta muita energia para digerir proteína, consome muitas vitaminas do complexo B (participam do metabolismo energético) e Zinco. Quando ele não tem mais esses nutrientes, perderá sua função, e um quadro de Hipocloridria (falta de Ácido Clorídrico) se iniciará. Para piorar ainda mais a situação, depois que essa hipocloridria se instala, já não adianta mais mastigar bem os alimentos, será necessário suplementar vitaminas do complexo B, Zinco, além de suplementos fitoterápicos, afim de recuperar o bom funcionamento gástrico...


Vou mais além: se o alimento com proteína estiver em pedaços muito grandes, agredirá o intestino (não pode de jeito nenhum ter alimento semi-intacto nesse local) e pedaços pequenos serão absorvido, através de um processo chamado difusão facilitada, que causará uma mega reação inflamatória dentro da mucosa intestinal, o que é péssimo. Ativar o sistema imunológico a todo instante, com hábitos alimentares errados, só prejudica o funcionamento do organismo...

Com essa agressão, por causa da má mastigação, começam a aparecer buracos microscópicos no intestino, caracterizando um quadro de hiper-permeabilidade intestinal, que leva à Síndrome Metabólica, a resistência à insulina que caracteriza o diabetes, além de transtornos neurológicos (irritabilidade, Alzheimer, Parkinson), tireoidite auto-imune, imunidade baixa (infecções constantemente), rinite, sinusite, bronquite, asma...

Enfim, são tantos os problemas que nem lembro agora, teria que fazer uma mega revisão bibliográfica para descrever outras desordens...

E essa “Dispepsia funcional”, nome desses desequilíbrios no processo digestivo, é muito comum eu encontrar em meus clientes, seja em quem me procura querendo hipertrofia muscular (ganho de massa), como quem almeja eliminar gordura corporal ou simplesmente quem deseja melhorar a qualidade da alimentação...

Frequentemente atendo pessoas que usavam remédio antiácido (como omeprazol), pensando que estavam fazendo a coisa certa... Se não tinha acidez no estômago, lembre-se de que acontecia com as bactérias, vão morrer ou sobreviver? Vão é destruir a saúde, começando pelo estômago (bactéria helicobacter pylori), continuando pelo intestino e avançando pelo organismo, causando uma série de infecções e ativando constantemente o sistema imunológico...

Como mensagem final, comida não é sinônimo de prazer? Para que comer como mostra a imagem abaixo?

Porque se concentrar em outras coisas quando é o momento de se alimentar como a foto abaixo mostra?




Então curta esse momento, não se distraia, concentre-se e sinta o sabor do alimento que tens em sua boca...  E pode ser esse chocolate sim, desde que seja amargo (no mínimo 70% de cacau).






Só para constar, alguns sintomas de má digestão de alimentos:

Pirose (Azia);

Refluxo gastro-esofágico;

Eructações (excesso de “arroto”);

Flatulência (produção excessiva de gases, “pum”)

Distensão abdominal;

Fezes excessivamente volumosas, moles, fragmentadas (pedaços pequenos e/ou mal formados)

Língua esbranquiçada;

Mau-hálito;

Queda de cabelo;

Unha mole, com manchas, ondulações ou descamando (perdendo camadas);


Estes não são todos os sinais e sintomas, pois este artigo ficaria enorme se todos fossem citados e explicados...

Um comentário:

  1. oi, uso aparelho nos dentes há um ano e desde que o coloquei não consigo mastigar direito, a comida vai quase inteira pro estomago, e to perdendo peso desde lá, e fezes tipo 6, ja fiz exames de tireoide e diabetes ta tudo normal, tu achas que pode ser isso, a minha mastigaçao:::

    ResponderExcluir