segunda-feira, 18 de março de 2013

Por que seus resultados serão melhores se você consultar um nutricionista?


Bom, quem quer melhorar a alimentação e faz uma pesquisa rápida na internet com certeza encontrará muitas informações, porém que não são específicas... Cada pessoa tem uma necessidade diferente, afinal temos rostos diferentes, gostos diferentes, vidas diferentes. Ou você acredita que precisa ingerir 1500kcal porque foi isso que apareceu no site, quando digitaste seu peso, altura e nível de atividade física? Chá verde é excelente para muitas pessoas, não para todas, então você não pode simplesmente tomar 1 litro de chá verde por dia sem saber o impacto dessa planta em seu organismo...

Até mesmo se você tem um irmão gêmeo idêntico, suas necessidades nutricionais podem ser totalmente diferentes, afinal cada um tem sua vida...

Enquanto um é frentista (posto de gasolina) e respira todo dia substâncias tóxicas, tanto do escapamento dos automóveis como dos combustíveis, que implica em trabalho dobrado para o fígado (que não trabalha de graça, exige nutrientes para isso, que vem de onde? Dieta!)...

O outro é vendedor de automóveis e tem que lidar diariamente com a meta de vendas, que lhe causa dor de cabeça o dia inteiro e ainda lhe provoca insônia...

Exemplo de vida de gêmeos, mesmo DNA, ambiente de vida diferente, necessidades nutricionais diferentes...

Descobrir o que é melhor para sua individualidade é tarefa do nutricionista...

E muitos ainda tem uma visão distorcida do profissional nutricionista, acreditam que este só serve para ajudar as pessoas a amagrecer...

Você sabia que uma dificuldade de concentração, assim como aquela vontade danada de comer doces, estão relacionadas com Disbiose, que é um desequilíbrio das bactérias e fungos do intestino? Problema esse que pode ser causado por aquele antibiótico que você teve que tomar mês passado, quando teve uma “baita” infecção na garganta associada com febre e sinusite? É que antibiótico só mata bactérias e não mata fungos, assim, quando os fungos estão sem concorrência no intestino (já que aquele antibiótico matou as bactérias) eles se multiplicam a ponto de infestar seu organismo, alterando a síntese (fabricação) de neurotransmissores como serotonina e adrenalina, que vão afetar sua capacidade de concentração, entre outros problemas, como fadiga e irritabilidade? E qual profissional vai “botar ordem na casa”, matar o excesso de fungos e colocar boas bactérias em seu intestino? Isso mesmo, o nutricionista, aquele profissional que, ao seu modo de entender, só serve para emagrecer as pessoas...

Leite, por exemplo, é alimento que os fungos amam, insistirás em tomar leite, porque é fonte de cálcio, que nem é bem aproveitado pelo organismo?

E montar um tratamento desses é algo que eu AMO fazer, utilizar de alimentos, plantas e suplementos para reequilibrar o organismo das pessoas... Mas às vezes fico sem poder ajudar, já que o pré-conceito ainda permanece...

Se você é uma destas pessoas, saiba que você está completamente desatualizado...

Caloria, por exemplo, é uma palavra que só sai da minha boca se sou questionado quanto à isso. Você, que já consultou comigo, só agora deve ter constatado isso, né??? Mas por quê? Oras, definitivamente, isso não é importante, poxa! Esse conceito da caloria é recente, vem do século passado, 1900 e alguma coisa... Descobrir isso resolveu o problema da obesidade? Há cada vez mais ou cada vez menos pessoas com excesso de peso? Nem preciso responder! Por que? Comem pensando em que: calorias ou nutriente? Alguém olha o óleo de Oliva extra-virgem e questiona o quão nutritivo esse alimento é ou logo pensa que é muito calórico? Ou você acredita que pode ter saúde por muito tempo sem vitamina E (exemplo de um nutriente contido no óleo de oliva)?

Se o foco do nutricionista fosse caloria, não seria nutricionista e sim “calorista”...

Agora, consultar-se com um nutricionista significa dar ao seu corpo aquilo que ele está precisando. Pode ser uma mega dose de vitaminas do complexo B, quem sabe Ômega-3, ou ainda minerais como o Zinco, que aumenta a testosterona, melhora a digestão dos alimentos, aumenta sensibilidade à insulina (regula açúcar no sangue e combate diabetes), além de melhorar o funcionamento das mais de 200 reações químicas dependentes de Zinco...

Só uma informação: sabe o amendoim, aquele alimento mito calórico? Pois é, é fonte de Zinco... E a avelã, bem calórica também? Pois é, tem Zinco também...

...

De vez em quando alguém me diz: “como de tudo, não deixo de comer algo saboroso, só como com menos frequência”. Aí comparo a silhueta (forma física) da pessoa com o objetivo dela, por exemplo, uma mulher “falsa magra” (muito comum se encontrar, não é muito pesada, porém o pouco que pesa é quase gordura pura) que quer firmar a musculatura, mas só come alimentos ricos em carboidratos e pobres em proteínas e gorduras boas... Oras, passará anos treinando e nunca sairá do lugar...

Um único erro na dieta, consumir algo que não deveria, pode sim comprometer seu resultado. O seguinte artigo:


mostra isso, uma única refeição errada ao longo do dia pode engordar sim. Então, atenção a você que exagera no “dia do lixo”... Ah, mas não tem problema eu comer isso ou aquilo, é só um pouquinho... Esse artigo mostra o que nosso organismo não foi programado para receber “lixo”, mas sim comida de verdade...

Sorvete é bem calórico, “lixo”, produto alimentar sem nutrientes! E o Abacate???? A fruta mais saudável e nutritiva de todas, na minha opinião. Tem muitas calorias? Sim. Porque é fonte de gordura monoinsaturada (reduz colesterol ruim e aumenta o bom), vitamina E, potássio, cobre, vitaminas do complexo B, entre outros nutrientes, além de fitoquímicos, como o beta-sitosterol, que reduz o nível do hormônio cortisol (que só causa problemas se estiver em excesso, e é muito fácil deixá-lo em excesso, simplesmente dormindo mal já se consegue aumentá-lo no sangue)

Para finalizar esse artigo, faço o seguinte questionamento:

O que mais vale a pena?

Sentir prazer por alguns minutos apenas enquanto a falsa-comida está na boca (já que assim que engolir, nem sentirá mais o gosto na lingua) e passar a vida inteira se lamentando pela sua forma física atual...

Ou...

Praticar uma atividade física decentemente (quem quer desculpa para não fazer, sempre conseguirá encontrar), caprichar na dieta (que só terá alimentos que você gosta, saudáveis para você, claro) e suplementação que montarei especificamente para você, que fará você sentir prazer o tempo todo com sua forma física (e saúde, principalmente)...

O que é melhor? Então, repense suas atitudes... 

2 comentários: