quarta-feira, 31 de julho de 2013

Caso clínico impressionante

Atendi há alguns dias uma cliente com apenas 18 anos de idade que veio me procurar devido à gastrite (queimação no estômago que lhe incomodava) que apresentava...

“Coitada”, nem imaginava o que a esperava, veio para combater a gastrite e foi embora com dezenas de orientações, já que ela teve o "azar" de entrar no consultório do nutricionista funcional mais dedicado, detalhista e perfeccionista da região... rsrs

A dieta dela era péssima, logo os sinais e sintomas de desequilíbrios nutricionais eram completamente visíveis para mim. Percebam como uma dieta inadequada acaba com o ser humano:

Seu Desjejum era 2 fatias de pão com margarina + 1 copo de Leite com Achocolatado em pó + 1 fruta, isso por volta de 10h. Duas horas depois, “almoçava” Arroz parboilizado + Peito de frango cozido + 1 copo de suco artificial (saquinho). Durante a tarde, repetia o desjejum e mais tarde repetia o “almoço”.

Dieta típica da maioria dos brasileiros, cheia de carboidrato e com pouquíssima proteína e gordura. Nem vou abordar já a questão da falta de micronutrientes (vitaminas e minerais). A culpa é dessa cliente? Claro que não, é das besteiras que circulam em todos os meios de comunicação, que em vez de a ajudarem, a atrapalharam, aí já não se quer mais comer Abacate e Amendoim, com medo que possam fazer mal...

Agora vai a lista de sinais e sintomas, com seus respectivos desequilíbrios nutricionais. Prepare-se:

Mastigação insuficiente: tinha tendência à engolir sem mastigar corretamente. Ué, mas ela não tem gastrite? Pois é, como chega o alimento inteiro no estômago, coitado desse órgão, é forçado além da conta e aí falência total, por isso a gastrite...

Azia: deficiência de Zinco e vitaminas do complexo B. Certamente, se o estômago não dá conta, o alimento fica rolando dentro dele, consequentemente a chance de voltar ao esôfago é grande...

A carne bovina (vermelha) é uma ótima fonte de Zinco, que só é bem absorvido se a mastigação for adequada (não é o caso desta moça). Para piorar, ela não gosta de carne bovina...

Imunidade baixa (gripe, resfriado, dor de garganta): com tamanha deficiência de nutrientes que alimentam e formam as células do sistema imunológico, não há como esperar resistência à vírus como o causador das gripes. Além do que, acidez do estômago mata bactérias, se falta ácido, sobrevivem bactérias, que não são naturais do intestino e chegarão “agitando” tudo por onde passam...

Sinusite, Bronquite: ela consome pelo menos 500ml de leite por dia, cujas proteínas podem causar muitas alergias no sistema respiratório (rinite, sinusite, bronquite, asma).

Uso recente de antibiótico e antiácido: teve cistite (infecção urinária bacteriana) e utilizava remédio bloqueador da bomba de prótons (Omeprazol). Quando se usa anti-bacteriano, fungos multiplicam-se demais (pois não há concorrência com bactérias) e desequilibra toda a microbiota intestinal. Antiácido bloqueia acidez no estômago, diminui azia, mas está “tapando o sol com a peneira”, porque não está corrigindo o problema (deficiência de Zinco e vitaminas do complexo B), só atenuando o sintoma.

Cefaleia constante (dor de cabeça): deficiência de Colina, Vitamina B12, Vitamina D. Se falta nutriente, como o corpo conseguirá destoxificar (eliminar toxinas)? Até mesmo Anticoncepcional é droga, precisa ser eliminada, depende de destoxificação. Tirar anticoncepcional pode melhorar crises de dor de cabeça (até enxaqueca)? Sim, já expliquei isso para uma cliente e ela já não tem mais crises constantes de enxaqueca...

Perda de memória: mesma resposta da cefaleia.

Lembre-se, tudo está interligado em nosso corpo!

Zumbido no ouvido: alteração na pressão arterial. Já leram a postagem que abordei esse assunto? Senão leia agora antes de continuar, mas é deficiência de Magnésio, Ômega-3, Boro, Vitamina D, principalmente estes.

Ondulações horizontais nas unhas: deficiência de vitaminas do complexo B.

Cabelos secos e quebradiços, muita queda: deficiência de Cisteína, Biotina, Selênio, Zinco, Cálcio, Silício, Vitamina C, Lisina, Vitaminas B6, B9 e B12.

Gengivas doloridas, inflamadas e com hemorragia (sangramento): síntese deficiente de Colágeno. O que forma colágeno? Aminoácidos (principalmente Lisina), Silício e Vitaminas C e K.

Fraqueza muscular, fadiga, câimbras e tremores na musculatura: deficiência grave de todo o complexo B, vitamina D, Ferro, Selênio, Colina, Boro e Magnésio.

Déficit de paladar (dificuldade para sentir gosto de alimento): Deficiência de Ferro, Zinco e Vitamina A.

O que me motivou a postar isso? Bom, constatar isso em uma pessoa de 50 anos pode ser mais comum, afinal viveu 50 anos comendo errado, mas em uma jovem de 18 anos, tantos desequilíbrios?????


E o que eu prescrevi? Tudo que vocês podem ler aqui no blog (e mais algumas coisas): alimentos ácidos, sucos ácidos, suplementação ácida, tudo isso para estimular e fortalecer o estômago, ovos, abacate, carnes, óleo de côco, orégano, hortelã, legumes e verduras fontes de nutrientes para melhorar a destoxificação. Comida de verdade, algo que eu teria coragem de comer. Tudo bem mastigado, claro, senão benefício algum haverá...

Um comentário:

  1. Olá, Dr. Luiz!
    Posso comer abacate mesmo tendo gastrite?

    Apesar da matéria ser de 2013 vou ficar na esperança da resposta rs

    ResponderExcluir