terça-feira, 2 de julho de 2013

Funcionamento ótimo do trato gastrointestinal e adequação para dieta com pouco ou nenhum carboidrato (“low-carb”)

A partir desta postagem, prestes mais atenção em seu trato gastrointestinal (boca, estômago e intestinos), porque ele “fala”, lembre-se que citei na postagem anterior sobre a importância dos detalhes...

Geralmente, os problemas mais comuns são:

Pirose (azia);
Eructações (arroto);
Halitose (mau-hálito);
Flatulência (gases intestinais excessivos – pum);
Fezes secas (duras e rachadas), mole demais ou excessivamente volumosas (uma ou várias vezes ao dia);
Distensão abdominal (“barriga estufada/dilatada” mesmo comendo pouco);
Dor ou desconforto no estômago após as refeições;

Como corrigir estes problemas?

1Mastigaçãoestômago não tem dentes!
Não existe ciência quanto à número de mastigadas, isto é ridículo e contraria o princípio da individualidade, se suas 10 mastigadas moerem tudo, maravilha, senão mastigue o necessário. Quando os alimentos estiverem com consistência pastosa, estarão prontos para serem deglutidos (engolidos)...

A mastigação estimula muitos processos digestivos: secreção de saliva (1) que “molha” o alimento e assim facilita a deglutição (2); também estimula o estômago a liberar seu ácido digestivo (3); bem como a vesícula biliar à liberar seus sais biliares para emulsificar e facilitar a digestão da gordura (4); assim como a liberação de enzimas digestivas pelo pâncreas (5)...

2. Alimentos ácidos!
Limão, Abacaxi e Ameixa Umeboshi, TOP 3 no apoio ao estômago liberar seu ácido...

3. Temperos!
Use e abuse! Orégano, Hortelã, Alecrim, Gengibre, Alho, Alho Poró, Pimenta, Vinagre de maçã, Cominho são boas opções...

4. Aloe Vera Gel, Suco da babosa!
Cuidado, alguns tipos de babosa contém uma substância chamada Aloína que é muito tóxica para o fígado, então a situação pode piorar em vez de melhorar...

5. Não coma com pressa!
Pressa = estresse = problemas, então aproveite o momento...

6. Zinco e Betaína Cloridrato, suplementação pode ser necessária!

7. 8. 9. 10... Você é único, respeite sua individualidade, busque o melhor para si...

E com dieta “low-carb”, sintomas como náuseas, vômitos, diarreias, além da pequena lista do começo do post, podem ser comuns na mudança de dieta, o que não significa que é normal ou que deve acontecer...

Isso ocorre porque com mais proteína, mais trabalho para o estômago (coitado dele se estiver fraco) e para a vesícula biliar (ajuda na “digestão” da gordura)... 


Então, capriche e deixe esse sistema funcionando com toda a eficiência...

2 comentários:

  1. Olá Luiz Sergio,
    Só não entendi direito se as frutas ácidas devem ou não ser adicionadas nesse caso, pois há vertentes que falam (especificamente sobre o limão), que ele alcaliniza os fluidos corporais, sendo portanto um bom aliado nos casos de problemas gastrointestinais. Entretanto, outros especialistas dizem que a inserção de alimentos ácidos tende a piorar casos de azia, má digestão, refluxo entre outros.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Devem ser adicionadas, pois a alcalinização proporcionada por Limão, Abacaxi e Ameixa Umeboshi se dá somente após a absorção, já no sangue. Ao contrário de Leite e derivados, que alcalinizam estômago mas aumentam a acidez no sangue após a absorção (mais um efeito ruim do leite)...

      Se não há gastrite ou úlcera no estômago (qualquer tipo de lesão/ferida onde ácido causa dor), quanto mais ácido o alimento, melhor para facilitar o trabalho do estômago...

      E quanto mais acidez dentro do estômago, melhor, esse órgão funciona para isso, muita acidez, e este órgão tem um muco protetor em toda sua "parede", que é fabricado pelo próprio estômago para impedir que a acidez "corroa" essa parede...

      Ao chegar algo muito ácido no estômago, na tentativa de manter a homeostase, o estômago libera ainda mais ácido, o que é maravilhoso, porque "faz a coisa andar" e a digestão no estômago acontecer...

      Tanto que, além dos alimentos, se a situação da pessoa está complicada, costumo prescrever Betaína Cloridrato para o estômago, um ácido muito forte e eficiente...

      A azia é causada porque o alimento não sai do estômago, fica ali curtindo e curtindo, facilitando refluxo...

      Então, para combater a falta de acidez, só com acidez!

      Excluir