quinta-feira, 21 de novembro de 2013

Enlatados: Atum e Sardinha








Nutritivos, práticos e saborosos, quer mais???


Esses dois peixes são muito interessantes e devem ser incluídos na dieta!


São excelentes fontes alimentares de Ômega-3 (Sardinha tem o dobro da concentração que há no Atum), que é o Ácido Graxo (gordura) mais importante...

Possuem todos os minerais, em abundância e com boa biodisponibilidade (excelente absorção e utilização pelo corpo): Zinco, Selênio, Cálcio, Cobre, Magnésio, Ferro, Potássio e Iodo, este que é indispensável para o bom funcionamento da glândula Tireoide. Frutos do mar são as únicas fontes alimentares de Iodo (sal rosa do Himalaia tem porque sua origem também é o mar).

As carnes de animais terrestres não deixam se ser muito boas, apenas precisam ser alternadas com frutos do mar, como estes 2 peixes...

Para quem tem receio de consumir por saber que os oceanos estão cada vez mais poluídos por Mercúrio ou por temer o Alumínio da lata:

1. Alumínio e Mercúrio são metais pesados e Lipofílicos, ou seja, tem afinidade por gordura (por isso Alumínio e Alzheimer bem como Mercúrio e irritabilidade tem tudo à ver, já que os metais se depositam no cérebro, que é 60% gordura). Sabe o que acontece desde que o peixe é enlatado na indústria até chegar na sua casa para ser consumido? O metal passa da carne para o óleo da conserva! Esse é um dos motivos pelos quais é importante a conserva em óleo, e não na água ... 

2. Você utiliza panelas de Alumínio? Se frequenta restaurantes, as panelas de lá provavelmente são de Alumínio, ou não? Utiliza produtos de beleza e de higiene pessoal? Muitos deles contém metais pesados na composição...

3. Você sabe se em seu corpo há muito Alumínio? Exame de sangue é bom nessa hora, sabia?

Outro motivo de não consumir peixes enlatados conservados em água é que o Ômega-3 se oxida facilmente, o óleo impede que isto aconteça...

Sardinha em molho de tomate também é interessante, pois o Licopeno do tomate é antioxidante reduzirá a oxidação do Ômega-3...

Atum ralado é resto industrial de Atum sólido/pedaços, então só compre desta forma, e não daquela...

Detalhes técnicos importantes, ou não?

Então, inclua já estes peixes na dieta!

45 comentários:

  1. Excelente post Luiz. Minha despensa já está cheia de sardinhas em lata! E continuo firme na dieta que você prescreveu! Valeu

    ResponderExcluir
  2. Oi Luiz,

    Fiquei com algumas dúvidas, estava olhando a composição da sardinha ao molho de tomate de uma marca famosa, segue:

    SARDINHAS COM MOLHO DE TOMATE (250 G)
    Ingredientes: sardinhas, água de constituição (ao próprio suco), polpa de tomate, óleo comestível, mostarda, açúcar, sal, amido modificado, realçador de sabor glutamato monossódico, aromas de aipo, pimentão, cebola e alho.

    Tem açúcar e amido, isso não atrapalha?

    E a outra dúvida o óleo que é utilizado tanto no atum como na sardinha, diz "óleo comestível" eu acredito que é óleo vegetal (por ser mais barato) então devo escorrer este óleo?

    Obrigado.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não atrapalha, esses aditivos estão no molho de tomate que não será consumido (assim como o óleo da conserva, que sim, será escorrido e é de soja)...

      Excluir
  3. Respostas
    1. O limite é a própria vontade e condição financeira, estipular quantidade não faz sentido... Se quiser consumir 3 de cada por dia, não há problema algum nisso...

      Excluir
  4. Detalhes técnicos importantes sim, bem legal o post. Eu nunca gostei de atum conservado em água, e agora vejo que mesmo sem saber fazia certo. Mas não sabia que atum ralado é resto industrial do sólido. Desde que comecei a páleo e passei a fugir ainda mais do óleo de soja, ficou complicado comer o atum em óleo, embora eu sempre tenha escorrido. Tem uma marca que o vende conservado no azeite, mas é difícil encontrar. Eu evito enlatados, só abro exceção para o atum, pois nos salva nos momentos de falta de opção e de preguiça.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não precisa ser em azeite (óleo de oliva), pois o óleo de soja (conserva) não erá consumido!

      Excluir
  5. galera boa noite.tenho um duvida gigantesca que esta tirando meu sono,e isso aumenta meu stress e cortisol,entaum me ajudem,rsrsrs
    precisamos todos de omega 3,so que os omega 3 em capsulas realemente bons e nao-oxidados custam os olhos do mamute,pensei,sardinha fresca eh a soluçao,procurei alguma receita util e fiz,sardinha na panela de pressao,so que uma duvida acordou e me impediu de dormir,a panela de pressao cozinha a 120graus e pra poder comer as espinhas preciso cozinhar por 45 min na pressao,sera que o omega 3 resiste a esta alta temperatura??

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Óleo de Linhaça, em cápsulas, é fonte de Ômega-3 e não é caro. Há perda de ômega-3 com o aquecimento dos peixes, mas mesmo assim ainda há Ômega-3 suficiente para proporcionar benefícios...

      Excluir
    2. Oleo de linhaca tem omega 3??
      Ala.que naum eh bem absorvido pelo corpo.que resposta bizarra.

      Excluir
    3. Sim, Linhaça e Chia são fontes de Ômega-3 (Ácido Alfa Linolênico-ALA), que é precursor de EPA e DHA. O mesmo ALA que pode ser encontrado nas membranas celulares...

      Pelo seu comentário, parece que vc é expert na área, então se apresente com estudos, antes de tecer tal comentário agressivo...

      Explique-me então o resultado deste artigo publicado no American Journal of Clinical Nutrition: http://ajcn.nutrition.org/content/92/5/1040.full.pdf onde o maior nível de DHA foi encontrado nas mulheres veganas e o maior nível de EPA foi encontrado nos homens veganos. Explique-me com raciocínio científico, por favor...

      Aceito ser contrariado (até porque não sou dono da verdade), desde que haja argumentação com evidências...

      Para finalizar, se és tão sábio, o que estás fazendo aqui neste humilde blog???

      Excluir
    4. Sardinha boa é grelhada na brasa.. a pingar de gordura :p

      Excluir
  6. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  7. Luiz, o verniz sanitário das latas de conserva (parte interna) não protege o alimento de absorver esses metais? No caso das sardinhas e atum em conserva, por exemplo? E se o metal pesado passa p/ o óleo, então o carne já foi contaminada pelo metal? É isso?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não é o alimento que absorve, é o óleo de conserva, que "suga" o metal pesado que está na carne (que vem de oceanos poluídos com metais pesados) e também parte da lata... o óleo é a proteção da carne...

      Excluir
  8. entao sendo assim é melhor o atum em óleo ou em azeite, certo?
    e evitar o conservado em água

    Abraço

    ResponderExcluir
  9. Luiz Sérgio, parabéns pelas informações fornecidas de forma clara e objetiva. Só uma pergunta: você tem uma noção, ou pelo menos da para saber o quanto de mercúrio tem em média uma lata de sardinha?
    (É claro que essa assumpção é um tanto quanto “vidente", pois depende do local da pesca, do tipo de pescado, entre outros... mas há um dado oficial e/ou concreto?)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Marcelo! Até onde sei, nada confiável sobre concentrações nas latas...

      Excluir
    2. Olá Luiz Sérgio!
      Caso tenha interesse, encontrei esse artigo sobre o nível de mercúrio em atum enlatado, é uma amostra bem especifica, mas acredito que ajude a ter uma ideia do nível de mercúrio. http://www.scielo.br/pdf/cta/v21n1/5354.pdf
      Abraço!

      Excluir
  10. Adorei o post. Mas uma dúvida: Mesmo escorrendo a sardinha ou o atum, vai ficar óleo. Acho que só lavando hehe
    Eu estou usando um atum em azeite em vez de óleo, os metais nesse caso também são absorvidos?
    Obrigada!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não seja obcecada com os resíduos que ficam... rsrs. A carne não vai absorver o metal, é o óleo da conserva que vai! Por isto este precisa ser descartado... A vantagem do azeite extra-virgem é a presença de antioxidantes, menos perda nutricional da carne...

      Excluir
  11. Explicações claras e precisas, parabéns.

    Nely

    ResponderExcluir
  12. Luiz Sérgio, pessoas sérias como você são raridades. Você fala com propriedade e conhece como ninguém. Vou seguir as suas recomendações por um período longo e depois volto pra contar os resultados. Parabéns pelo blog.

    ResponderExcluir
  13. To querendo montar uma dieta usando esses dois enlatados, pois sou intolerante a lactose. Mas estava com medo do mercúrio, agora vou comer sem medo, muito bom o artigo. vlwss

    ResponderExcluir
  14. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  15. Luis Sergio minha vitamina D esta em 20,2 vou no médico fazer suplementação,mas quero consumir uma fonte natural de vit.D,o que vc acha salmão,atum ou sardinha enlatada ,sinto-me meio deprimida ,estou com queda de cabelo,acha que a causa provável é essa ?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A quantidade de vitamina D nos alimentos é baixíssima, nem dá pra uma fase de manutenção...

      Excluir
    2. Você tem que tomar sol todos os dias, por cerca de 15 a 20 min. por dia, preferencialmente pela manhã antes das 10 ou depois das 4 da tarde.

      Excluir
  16. GOSTEI DAS PERGUNTAS E RESPOSTA , BEM CONSTRUTIVAS NAS DUVIDAS.

    ResponderExcluir
  17. Para quem tem colesterol e triglicerideos alterados, esses enlatados em oleo e nao azeite intao nao sao recomendado?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. "Colesterol" alto não é problema, até porque não sabemos o nível de colesterol, somente da Lipoproteína (que transporta várias substâncias além de colesterol)... Problema é Colesterol oxidado... Triglicerídios significam carboidrato demais na dieta, provavelmente...

      Excluir
  18. Sérgio, gostei do post. Estou estudando a dieta paleo e tenho dúvida se podemos consumir abacate (como vc sugere) e atum enlatado diariamente. Não estaríamos ingerindo muita gordura? Não prejudicaria o emagrecimento?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Flávia! Não e não. Você não vai comer umas 5-6 latinhas de atum, nem um abacate imenso... São quantidades racionais, sem mais alimentos inclusos... A mesma quantidade que você comia dos outros alimentos (se não for exagero, claro) vai ser trocada pelos alimentos com mais gordura...

      Excluir
  19. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  20. Tem algum problema se lavar um pouco a sardinha (só pra tirar o excesso dr óleo) antes de comer?

    ResponderExcluir
  21. Olá, estou grávida de 15 semanas e gostaria de fazer patê de sardinha e maionese. Não me enjoa e é gostoso. Tem algum problema por eu ser gestante? Morro de medo por causa do mercúrio. Afeta o bebê.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Tatiana! Não vejo problema, é um peixe pequeno e quanto menor o tamanho do peixe selvagem, menos mercúrio tem...

      Excluir
  22. Ola luiz, parabens pelo post. Minha duvida é o oleo da sardinha que conserva ela, pois se for de soja é provavel que seja transgenico e éssa transa nunca foi boa, nao seria melhor um azeite ou um oleo de coco? Eu gosto de peixe e atum e em lata é mais pratico, mais eles coloca esse oleo que é foda. Eu li um livro do wiliam devis(barriga de trigo)muito bom, que uma parte ele falou que animais tratado com soja estavam tendo problma nos tecido dos orgao, claro que nois nao e animal, mais depois em uma de suas receitas ele disse poderia usa o atum, se for soja ele e vacilao ou o peixe e atum em lata é tao poderoso que anula o efeito dos oleo velho, mais um motivo pra min continua comendo eleskkkk, tira essa duvida pra min, graças, paz.

    ResponderExcluir
  23. Boa noite!Estou com uma dúvida,eu vi duas marcas de sardinhas,uma dizia nos ingredientes que tinha "água de constituição (ao próprio uso) e na outra não tinha.Essa que tem a água de constituição é a que é conservada com água?pq nela também dizia ter óleo,já a outra só constava o óleo.Qual devo comprar?Obrigada!

    ResponderExcluir
  24. Bom dia Sergio, gostaria de saber em qual estudo você encontrou a informação de que o óleo dos peixes enlatados absolve os metais pesados, deixando o peixe menos contaminado. E parabéns pelos seus artigos, são muito instrutivos! Obrigado!

    ResponderExcluir